Skip to Store Area:

Volte à página inicial

Ano Novo Chinês

Ano-novo chinês é uma referência à data de comemoração do ano novo adotadas por diversas nações do Oriente que seguem um calendáriotradicional distinto do Ocidental, o Calendário chinês.

As diferenças entre os dois calendários fazem que a data de início de cada ano-novo chinês caia a cada ano em uma data diferente do calendário ocidental. Os chineses relacionam cada novo ano a um dos doze animais que teriam atendido ao chamado de Buda para uma reunião. Apenas doze se apresentaram, Buda em agradecimento os transformou nos signos da Astrologia chinesa.

Os doze animais do Horóscopo chinês a que correspondem os anos chineses são, de acordo com a ordem que teriam se apresentado a Buda na lenda acima citada: rato, búfalo/boi, tigre, coelho, dragão, cobra, cavalo, cabra, macaco, galo, cão e o porco. Desta forma, se 2012 dragão, 2013 cobra e agora em 2014 o cavalo e assim por diante.

Comemorações no Brasil


Comemoração do ano-novo chinês em São Paulo, bairro da Libertade

Em São Paulo, o maior centro sino-nipônico do Brasil, a festa é realizada na Praça da Liberdade, onde se concentram restaurantes, lojas e mercearias de imigrantes e descendentes chineses direcionados a este publico alvo. A comemoração acontece no final de janeiro ou inicio de fevereiro. Uma festa muito alegre e bonita que atrai mais de 100 mil pessoas do Brasil e de várias partes do mundo que visitam a capital paulista. O evento explora vários aspectos da cultura chinesa e suas belas expressões artísticas e culturais. Durante os dias de festa são apresentadas várias atrações no palco como mostras de Kung Fu, de pintura e música chinesas, a tradicional Dança dos Leões, desfile de roupas típicas, entre muitas outras. Próximo ao palco permanecem várias barracas oferecendo um pouco da diferenciada gastronomia chinesa, como tempura de repolho, couve-flor e camarão, Harumaki, o famoso bolinho primavera com recheio de carne e vegetais, e Dorayaki ou Imagawayaki, doce com recheio de feijão Azuki ou creme de baunilha que veio origem de Japão.

Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, a comemoração é feita na colônia oriental de Santa Cruz. Também é comemorado por uma cooperação de chineses da Tijuca e no bairro oriental da Rua da Alfândega, localizada na região da Saara. Porém nesses ultimos anos, o lugar mais esperado e visitado nessa data é a Vista Chinesa, onde há um grande encontro de chineses e turistas.

Voltar a página inicial